Ainda é grande a dúvida sobre como deve ser a atuação de um UX Designer nas empresas, esta dúvida é tanto para os novos profissionais menos experientes, quanto para as empresas que ainda não possuem muita maturidade com a área de Experiência do Usuário.

Quem são estes profissionais? Quais são suas responsabilidades e quais são seus entregáveis?

Fique tranquilo, vamos te explicar como deve ser esta atuação, aqui neste post!

Antes vamos entender a maturidade das empresas com experiência do usuário

Antes de explicar como o UX Designer deveria atuar em uma empresa, vale lembrar que existem muitos pontos que devem ser levados em conta, como por exemplo: o tamanho da empresa, a equipe de design e como é feita a organização dos profissionais de experiência por especialidade dentro da empresa. Estes são apenas alguns pontos que podem interferir na atuação deste profissional.

Para se ter uma ideia, existem cenários em que a empresa possuí apenas um design que é responsável por aplicar técnicas de experiências para as soluções que ele cria, e outros onde a empresa possui equipes com dezenas de profissionais que são organizados por área de atuação, desde a parte estratégica da empresa até testes das entregas finais de soluções visuais.

Naturalmente empresas com equipes maiores de design tendem a ser mais maduras com relação a este tema, com áreas distintas responsáveis por pesquisa, testes, interface, conteúdo, e perfiz hierárquicos bem definidos como, líderes, Gerentes e até CIO do segmento.

No geral os profissionais de Experiência do Usuário, atuam dentro de Squads, times criados para trabalhar um produto ou área específica da empresa.

Vamos partir da ideia que a empresa trabalhe com squads, e que cada squad terá um UX Design. Se você ainda não sabe o que é uma squad, fique tranquilo, veja o último post do nosso blog falando sobre este assunto.

O mais importante neste momento é entender que o UX Designer tem um papel estratégico e não só operacional, isso muda tudo, logo, este profissional não é somente responsável pela criação de telas das soluções, ele deve estar incluso em todo o processo de identificação e solução de um problema, defendendo o ponto de vista dos usuários no projeto.

Como o UX Designer deve se posicionar

O UX Design é responsável por criar a melhor experiência para os usuários de um produto, para isso, ele deve conhecer e estar em contato constante com os clientes, entendendo suas dores e necessidades através de pesquisas e validações das soluções propostas.

Perceba que quando falamos de experiência, trata-se de sentimento, estamos abordando todos os pontos de contato do cliente com o produtos que ele vai consumir, seja ele digital ou físico, um bom exemplo disto é o Iphone, que inicialmente foi desenvolvido para ser usado com apenas uma das mãos. Com base nesta premissa, tudo que for pensado como solução precisa ser guiado por esta definição, mas o ponto importante é, como chegamos a esta decisão, ou seja, uma pesquisa de comportamento do usuário foi feita antes de decidir como será a interface deste produto, logo o UX Design precisou atuar neste processo, e isso deve ser feito em todos os pontos que haja a interação do cliente, isso inclui os motivos que fazer este usuário ter interesse pelo produto a embalagem até o pós venda do produto.

Veja abaixo um vídeo que ajuda a dar clareza neste assunto de um dos mais importantes nomes da Experiência do Usuário atualmente.

Existem vários processos e técnicas que ajudam os profissionais de experiência a realizarem seu trabalho, é como uma caixa de ferramenta que será acessada para utilizar a melhor ferramenta em uma determinada situação.

O mais importante é ter em mente qual o objetivo principal do seu trabalho, qual dor você quer resolver levando em conta o que é melhor para o usuário, isso vai definir o sucesso ou não do seu produto ou serviço.

Gostou? Confira também nosso post falando sobre Squads e seus papéis em rotinas ágeis, isso vai de ajudar e entender melhor o papel do UX em times de desenvolvimento.

Até mais!!!